Bemvindo ao CF Spot!

Este é o ponto de encontro do movimento Convívios Fraternos online. Es tu, é a tua comunidade e partilha! És conviva? Junta-te a nós!

Toda a atividade

Este stream atualiza-se automaticamente     

  1. Hoje
  2. Ontem
  3. Anteriormente
  4. 1378

    Encerramento: 4 às 21h Em Setúbal na Igreja de Nossa Senhora da Anunciada
  5. Setúbal

    PF Prencher pelos Convivas de Lamego
  6. 1375

    Sob o tema "todos, tudo e sempre em missão", com o encerramento na paróquia dos Santos Mártires.
  7. Oração - Fonte da Cruz

    Quem tem sede, venha a Mim e beba, diz Jesus, E expôs-se sobre a Cruz Como fonte sempre aberta e disponível. Quem tem sede, Alegre-se então por poder beber, Mas não se entristeça Por não ser capaz de esgotar a fonte. Convém que a fonte permaneça E abasteça O horizonte de paz e de alegria. A água escorre deste santuário, e, como um rio, Percorre e irriga a terra inteira, Coração a coração, Sementeira a sementeira. E não há fio ou metro que meça esta torrente, Que desde a nascente até ao estuário Cresce, cresce, cresce... E nas suas margens tanta vida nova e bela nasce, Tanto trigo floresce, Tanto coração amadurece, Tanto amor renasce. Dá-me sempre dessa Água Viva, E que eu conviva sempre contigo, Senhor! Ámen.
  8. Olhar - Oração - Fonte da Cruz

    Ver artigo completo
  9. Sou um dos militares que frequentou um dos primeiros convívios fraternos em Lamego , onde estava a prestar o Serviço Militar Obrigatório na sala de refeições da Messe de Oficiais, e recebi o convite desse grande amigo com quem conversava muitas vezes e aprendi muito, o Sr. Padre Valente de Matos, que era o Capelão do Quartel CIOE, para frequentar o convívio fraterno, que aceitei de imediato . Frequentei o convívio na Casa de S. José em Lamego e sei que foi dos primeiros já não tenho presente o número do convívio mas sei que foi um número muito baixo. Tenho presente que com a ajuda do Sr. Padre Valente de Matos, e de Jesus Cristo, no fim do convívio estávamos todos muito felizes, eu vi e observei os testemunhos dos meus colegas do convívio e também eu próprio sentia uma felicidade que não sei explicar e senti uma sensação de felicidade e de paz que nunca tinha sentido, nem nunca mais senti em toda a minha vida , por isso quero agradecer ao Sr. Padre Valente de Matos por me ter proporcionado a frequência daquela reflexão que fiz, e que muito me tem ajudado a ultrapassar as dificuldades da vida mundana que levamos, do stresse que temos com as responsabilidades que assumimos na nossa profissão. Quero deixar aqui um forte abraço ao Sr. Padre Valente de Matos e que gostava muito de lhe dar um abraço pessoal, caso venha a Lisboa agradeço que me telefone para nos encontrarmos, tel. 966634943 Um forte abraço Jorge de Castro Engenheiro telm 966634943 ----------------------------------------------------------------------------------------------------- Consultor de Engenharia de Telecomunicações Secretário das Comissões Técnicas de Normalização Eletrotécnica Presidente do Conselho Fiscal do Atlético Clube do Cacém Coordenador da OET para as Infraestruturas de Telecomunicações Jorge.e.castro@sapo.pt Telm. 966634943 ------------------------------------------------------------------------------------------------------
  10. 1366

    O CF nº 1362 realizou-se em Aveiro e iniciou-se no dia 20/12/2018 O encerramento foi no dia 23/12/2018
  11. Aveiro

    12 15 de Abril 1976 o Primeiro da Diocese....
  12. O Nascimento de Jesus, que é motivo de alegria universal para toda a humanidade, infelizmente não é vivido na Paz universal. Por entre prisões, muros, oceanos, desertos, há muitos cristãos que precisam, neste Natal, que nos lembremos deles. Ver artigo completo
  13. Ao contrário da nossa realidade ocidental, há muitos Cristãos no mundo que não podem celebrar o Natal com tranquilidade. Por perseguição religiosa, porque escapam da miséria, de más condições, da guerra... há uma míriade de irmãos cujo Natal é não é tão tranquilo como o nosso. Nesses está representada a Igreja que carrega no seu corpo as chagas de Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Cristo, que sendo Deus, se fez homem e sofreu pela humanidade, está bem presente nesses irmãos. Na China, as autoridades continuam a fechar Igrejas cristãs. Em Guangzhou fecharam uma igreja cristã e confiscaram 4000 livros, e suspenderam a actividade. No Egipto, um polícia matou, no passado dia 12, um cristão copta e o seu filho na cidade de Minya. Apesar do polícia aguardar julgamento, crê-se que não haverá consequências, tendo em conta o histórico de laxismo das autoridades relativamente às pressões e ataques constantes a que a comunidade de cristãos (cerca de 10% da população do país). Já em agosto outro polícia, encarregado de zelar pela segurança de uma igreja em Beni Suef incitou à violência contra os cristãos durante o culto. No Irão, cerca de 100 cristãos foram presos pelos serviços secretos, numa tentativa de silenciar e intimidar os cristãos antes das cerimónias de Natal. A verdade é que o Cristianismo tem crescido exponencialmente no Irão nos últimos anos e o governo e os clérigos islamitas estão alarmados. A única estratégia que adoptam tem sido de medo, violência e intimidação aos cristãos, uma vez que o governo se sente ameaçado com o crescimento do número de cristãos. Em Aleppo, na Síria, após longos anos de guerra, os cristãos celebram à medida que a cidade recupera do que foi a destruição massiva e o banho de sangue da já longa guerra civil. Por entre as luzes da esperança existem algumas sombras sobre o futuro da Síria e do Iraque, uma vez que os Estados Unidos se preparam para abandonar o local e existe tensão crescente entre os Curdos, os Turcos, o governo Sírio, a influência iraniana no terreno e o auto-denominado "Estado Islâmico", ainda existente e com possibilidade de preencher o vazio e de explorar os ódios latentes entre as várias facções. No México, milhares de migrantes celebraram o Natal com esperança de entrar nos Estados Unidos, onde não são desejados, após fugirem das más condições de vida e insegurança dos seus países de origem. Organizações não governamentais e voluntários tentaram trazer alguma alegria, preparando comida tradicional e presentes, mas o ambiente continua a ser de medo e ansiedade. O Nascimento de Jesus, que é motivo de alegria universal para toda a humanidade, infelizmente não é vivido na Paz universal. Por entre prisões, muros, oceanos, desertos, há muitos cristãos que precisam, neste Natal, que nos lembremos deles. Por Como cristãos, devemos rezar pela Igreja que é perseguida e que não pode viver o Natal num ambiente de paz, amor e tranquilidade. E devemos ajudar a suavizar os sofrimentos desses irmãos que carregam no corpo as chagas de Cristo, e perdoar, estabelecer pontes e rezar pelos que os perseguem. Porque este Jesus que nasceu, veio para nos indicar o único caminho: o Amor.
  14. Olhar - Oração de Natal

    Esta pequena história ajuda-nos a refletir sobre a simplicidade das pequenas coisas. E é esta simplicidade que mais agrada ao menino do presépio de Belém. Sejamos capazes de ter gestos simples, pois esta é a oração que mais agrada a Deus. Ver artigo completo
  15. Oração de Natal

    Vou contar a história da linda oração de Natal: «Era noite de Natal... Como de costume, todos os habitantes da aldeia se reuniam na Igreja para a celebração da missa do galo. À medida que os habitantes iam chegando, contemplavam a beleza do presépio. - "Mas que presépio tão bonito!” diziam uns. - "Ah! Está muito bonito o presépio!” diziam outros. - “Quem teria feito este ano o nosso presépio? Está muito diferente do ano passado.” - "Pois está mesmo diferente... Mas para dizer a verdade, eu não sei quem terá sido.” Comentavam admirados. A Zeladora chegou e disse a todos: “- Ora quem terá sido?!... Claro que fui eu...eu! Mas afinal quem é que faz as coisas bonitas aqui na nossa terra?!... Ah! Está muito bonito, não está? Mas deu uma trabalheira...” As pessoas estavam preocupadas em discutir quem tinha feito o presépio. Nos seus corações a mensagem do verdadeiro Natal não tinha a profundidade do nascimento do Deus connosco, que vem ao nosso encontro, que estáperto de nós, do Deus que nasce num humilde palheiro tornando-se um nomeio de nós. No meio daquela conversa, uma criança entrou na Igreja. Pouco a pouco aproximou-se do presépio e disse, com ternura: - "A, B, C, D, E, F, G, H, I, J, L,M, N...” Mas logo foi interrompida por alguém que não gostou: - "Olhai que pouca vergonha... os garotos de hoje não tem educação nenhuma. Ó Rapariga, que estas tu a fazer?! Não vês que estamos na Igreja e vai começar a missa, não podes fazer barulho?!... Olha,os teus pais não te dão educação? A Igreja não é lugar para brincadeira, nem para fazer disparates. Onde estão os teus pais?” A criança ficou muito triste, e baixou a cabeça. Depois, olhando para as pessoas, respondeu: - "Pais?!...Eu não tenho Pai nem Mãe. Vim aqui fazer a minha oração de Natal. Vim rezar ao menino Jesus, porque hoje é Natal”. - "Vieste rezar?!... Mas tu sabes rezar?” perguntavam. A menina, triste,respondeu: - "Não, não sei orações. Ve-nho aqui junto do presépio, olho parao Menino Jesus e digo todas as letrasdo alfabeto.” - “O quê?...” perguntavam admiradas. “É assim que tu rezas,minha filha?” - "Sim, digo as letras do alfabeto e Jesus encarrega-se de as ordenar, compondo a oração que lhe for mais agradável.” Disse a criança. E voltando-se de novo para o presépio continuou: “- O, P...” Toda a assembleia, comovida, pôs-se a dizer com acriança o alfabeto: “- T, U, V, W, X,Y, Z.» Esta pequena história ajuda-nos a refletir sobre a simplicidade das pequenas coisas. E é esta simplicidade que mais agrada ao menino do presépio de Belém. Sejamos capazes de ter gestos simples, pois esta é a oração que mais agrada a Deus. Que as nossas palavras sejam de verdade um reflexo dos sentimentos do nosso coração. O Deus Menino quer nascer na “gruta” da nossa vida e espera ser acolhido.O mundo precisa de gestos de simplicidade, de amor e de entrega aos outros. Com todas as letras do alfabeto formamos as palavras do nosso coração. Neste Natal, façamos o propósito de ir ao encontro do nosso irmão mais necessitado. E que, com o conjunto das nossas letras, o Senhor componhaa oração que mais lhe agrada neste Na-tal. Pedro Castro CF765 Bragança-Miranda
  16. Version

    0 downloads

    Edição do Jornal Balada da União de Outubro, Novembro e Dezembro de 2018
  17. CF 1371

    até
  18. 1371

    Convívio Fraterno realizado nos dias 26 a 29 de dezembro de 2018 no Seminário de Nossa Senhora de Lourdes em Resende (Diocese de Lamego).
  19. Lamego

    O Movimento dos Convívios Fraternos está implementado na Diocese de Lamego desde 1971.
  20. CF Coimbra_intendências

    Caros amigos convivas, Irá decorrer entre o dias 20 e 23 de dezembro o próximo Convívio Fraterno da diocese de Coimbra. Partilhamos o Link para que possam preencher a vossa Intendência. Chegou a vez de dares um pouco de ti por aqueles que estarão a viver este momento tão especial! https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScyh9HwcoBP-APuPg-lG5qYU9RpWqAWQiuJhPElmWTYaU7ITQ/viewform Um abraço fraterno
  21. letra da musica "vem, vem conviva vem"

    Encontro do Amor Vem, vem "Amigo" vem Juntos vamos caminhar De mãos dadas seguiremos Ao encontro do Amor. A chama de Cristo envolve-nos Há 50 anos que é assim Percorremos um longo caminho Despertando a Fé para evangelizar Refrão Deus quis que alguém sonhasse E nascesse um projecto de Luz Movido pela força do Espírito No contínuo encontro com "Deus Amor". Letra e música: Célia Oliveira De momento não tenho os acordes para poderem partilhar nas vossas paróquias, mas assim que possível partilharei aqui na página.
  22. A última Coca Cola para o teu deserto

    "Entretanto, chegou certa mulher samaritana para tirar água. Disse-lhe Jesus: «Dá-me de beber.» Os seus discípulos tinham ido à cidade comprar alimentos. Disse-lhe então a samaritana: «Como é que Tu, sendo judeu, me pedes de beber a mim que sou samaritana?» É que os judeus não se dão bem com os samaritanos. Respondeu-lhe Jesus: «Se conhecesses o dom que Deus tem para dar e quem é que te diz: ‘dá-me de beber’, tu é que lhe pedirias, e Ele havia de dar-te água viva!» Disse-lhe a mulher: «Senhor, não tens sequer um balde e o poço é fundo... Onde consegues, então, a água viva? Porventura és mais do que o nosso patriarca Jacob, que nos deu este poço donde beberam ele, os seus filhos e os seus rebanhos?» Replicou-lhe Jesus: «Todo aquele que bebe desta água voltará a ter sede; mas, quem beber da água que Eu lhe der, nunca mais terá sede: a água que Eu lhe der há-de tornar-se nele em fonte de água que dá a vida eterna." (João 4, 7-13)

    © CFSpot.com

  23. Pós-CF 1362

    Conviva 1362, Passaram algumas horas desde a tua saída do Seminário de Resende, mais precisamente cerca de…pronto…digamos…um número importante de horas…mas na verdade este 4º dia ainda está no seu point de départ (cf. Google tradutor). Então nesta caminhada, o pós-CF é imprescindível e de certeza, não vais querer perder! O Pós é em Tendais (encontramo-nos no largo da Igreja) no dia 3 de novembro de 2018 (não vás aparecer no ano errado) com início previsto às 9h30 (ou seja marca na agenda para as 9h, questões de segurança e afins). Quanto ao que deves levar…nada de muito complicado mas fundamentalmente não te podes esquecer de: - guião de música - livrinho cf - cruz conviva + compromisso - terço missionário A parte mais chata ou talvez mais trabalhosa é o facto de pedirmos que tragas se possível um bolo para sobremesa…e então o melhor nesse caso é combinares com a malta da tua zona/paróquia para assim não levarem 1000 sobremesas…não sejamos obrigados a comer que nem uns texugos. Finalmente, confirma a tua presença por mail (cflamego@gmail.com) ou junto de um membro da equipa da tua equipa, até dia 30 de outubro! (2018!) Já agora…falta pouco!!! E já agora um enorme abraço laranjinha! #poscf1362 #laranjinhasasolta
  24. até
    Sabe tudo sobre o CF 1362 em Lamego:
  25. Faz Uma Intendência

    Dar é fácil, basta ter. Dar-se, é outra história. Exige coragem. Exige um puro acto de amor pelo outro, de entrega. Daqueles actos que mudam o mundo por mais pequenos que sejam, porque custam. Porque é um acto de perfeita liberdade, em que tu escolhes oferecer de ti aos outros. E o que dás de ti multiplica-se, ficas mais rico tu e ficam mais rico os outros. Dar-se, é acumular tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consomem, e onde os ladrões não furtam nem roubam. Porque onde está o teu tesouro, lá também está o teu coração. (MT 6, 20-21) Jesus também disse acerca da Sua vida, o mais perfeito acto de amor por nós: "Ninguém ma tira, mas sou Eu que a ofereço livremente." (Jo 10, 18) Consegues oferecer um pouco de ti? Então, faz uma intendência!
  26. 1362

    “Quando passares pelas águas, estarei contigo.” (Is 43, 2)
  27. Lamego

    1971
  28. Cadeia de Oração CF (4-7 outubro 2018)

    até

    Contem comigo! Vamos a isso! Vamos pôr isto tb no Face do CFspot
  1. Ver mais actividade