Bemvindo ao CF Spot!

Este é o ponto de encontro do movimento Convívios Fraternos online. Es tu, é a tua comunidade e partilha! És conviva? Junta-te a nós!

Entra para seguir isto  

A Igreja que sofre celebra também o Natal

    115 Visualizações     0 comentários    

O Nascimento de Jesus, que é motivo de alegria universal para toda a humanidade, infelizmente não é vivido na Paz universal. Por entre prisões, muros, oceanos, desertos, há muitos cristãos que precisam, neste Natal, que nos lembremos deles.

Ler mais sobre A Igreja que sofre celebra também o Natal
Jesus
Por Jesus

Eu sou o caminho, a verdade e a vida.


Ao contrário da nossa realidade ocidental, há muitos Cristãos no mundo que não podem celebrar o Natal com tranquilidade. Por perseguição religiosa, porque escapam da miséria, de más condições, da guerra... há uma míriade de irmãos cujo Natal é não é tão tranquilo como o nosso. Nesses está representada a Igreja que carrega no seu corpo as chagas de Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Cristo, que sendo Deus, se fez homem e sofreu pela humanidade, está bem presente nesses irmãos.

Na China, as autoridades continuam a fechar Igrejas cristãs. Em Guangzhou fecharam uma igreja cristã e confiscaram 4000 livros, e suspenderam a actividade. No Egipto, um polícia matou, no passado dia 12, um cristão copta e o seu filho na cidade de Minya. Apesar do polícia aguardar julgamento, crê-se que não haverá consequências, tendo em conta o histórico de laxismo das autoridades relativamente às pressões e ataques constantes a que a comunidade de cristãos (cerca de 10% da população do país). Já em agosto outro polícia, encarregado de zelar pela segurança de uma igreja em Beni Suef incitou à violência contra os cristãos durante o culto.

No Irão, cerca de 100 cristãos foram presos pelos serviços secretos, numa tentativa de silenciar e intimidar os cristãos antes das cerimónias de Natal. A verdade é que o Cristianismo tem crescido exponencialmente no Irão nos últimos anos e o governo e os clérigos islamitas estão alarmados. A única estratégia que adoptam tem sido de medo, violência e intimidação aos cristãos, uma vez que o governo se sente ameaçado com o crescimento do número de cristãos.

Em Aleppo, na Síria, após longos anos de guerra, os cristãos celebram à medida que a cidade recupera do que foi a destruição massiva e o banho de sangue da já longa guerra civil. Por entre as luzes da esperança existem algumas sombras sobre o futuro da Síria e do Iraque, uma vez que os Estados Unidos se preparam para abandonar o local e existe tensão crescente entre os Curdos, os Turcos, o governo Sírio, a influência iraniana no terreno e o auto-denominado "Estado Islâmico", ainda existente e com possibilidade de preencher o vazio e de explorar os ódios latentes entre as várias facções.

No México, milhares de migrantes celebraram o Natal com esperança de entrar nos Estados Unidos, onde não são desejados, após fugirem das más condições de vida e insegurança dos seus países de origem. Organizações não governamentais e voluntários tentaram trazer alguma alegria, preparando comida tradicional e presentes, mas o ambiente continua a ser de medo e ansiedade.

O Nascimento de Jesus, que é motivo de alegria universal para toda a humanidade, infelizmente não é vivido na Paz universal. Por entre prisões, muros, oceanos, desertos, há muitos cristãos que precisam, neste Natal, que nos lembremos deles. Por Como cristãos, devemos rezar pela Igreja que é perseguida e que não pode viver o Natal num ambiente de paz, amor e tranquilidade. E devemos ajudar a suavizar os sofrimentos desses irmãos que carregam no corpo as chagas de Cristo, e perdoar, estabelecer pontes e rezar pelos que os perseguem. Porque este Jesus que nasceu, veio para nos indicar o único caminho: o Amor.

Partilha!



  Denunciar Artigo
Entra para seguir isto  

O que diz a comunidade sobre isto?


Não há comentários para mostrar



Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora